O CARISMA DA COMUNIDADE FANUEL - ROSTO DE DEUS
Comunidade Católica Fanuel, Rosto de Deus

Toda obra de Deus só pode ser realizada por meio do poder de Deus, e o poder de Deus é manifestado na Igreja pela ação do Espírito Santo que a dota e dirige através de dons carismáticos e hierárquicos.

No rol dos dons carismáticos estão as graças que iniciam e sustentam famílias religiosas e novas comunidades. E a Comunidade Fanuel – Rosto de Deus é uma dessas famílias como Comunidade Nova e, portanto, conta com a doação de um carisma da parte do Espírito de Deus. O carisma é uma graça de doação do coração de Deus que nos capacita para realizar uma missão que não é outra senão anunciar a Jesus Cristo como o único e suficiente Senhor e Salvador.

A Comunidade Fanuel – Rosto de Deus, compreende que recebeu o Carisma de “Ver e Fazer Ver a Face de Cristo” e por meio dele pode viver e propor a experiência de Deus, e que esse carisma se materializa ou se manifesta por meio de duas dimensões, uma Vocacional e outra Apostólica.

A DIMENSÃO VOCACIONAL

O Carisma da Comunidade Fanuel – Rosto de Deus está em primeiro plano expresso na sua dimensão vocacional, que significa precisamente que é um dom para o qual se pode consagrar a vida e para o qual existe uma vocação.

Vocação é um direcionamento da vida norteado pela compreensão de que Aquele que nos criou também nos destinou, como objetivo final para a vida eterna ao Seu lado, o que se alcança vivendo a vida temporal segundo Seus propósitos e Sua direção. Isso implica em dizer que todas as pessoas são vocacionadas no que diz respeito ao estado de vida e desempenho na sociedade, e que isso é engrandecido com virtudes teologais por meio do Batismo. O engrandecimento da vocação humana leva a compreender o sentido cristão da vida, e aí se abre um novo horizonte onde o batizado deve descobrir como viver plenamente essa filiação divina.

Ver e fazer Ver a Face de Cristo é, portanto, um dom para o qual, batizados se descobrem vocacionados, ou seja, chamados por Deus para dedicarem-se a Ele nesta forma de viver a sua vida ordinária consagrando-Lhe tudo de si e abraçando permanentemente uma forma de vida que contempla a espiritualidade, o estado de vida, a profissão, o tempo, os bens de toda ordem e por isso pactuam um compromisso vocacional expresso na profissão pública de pertença a este carisma.

A dimensão vocacional é, portanto, o meio de pertencer à Comunidade e para tanto aqueles que se aproximam dela e sentem-se atraídos por isso devem fazer um processo de discernimento vocacional, que passa por duas etapas: primeiro a orientação vocacional por meio da qual o vocacionado é conduzido na escuta e adesão gradativa até que se consagre; segundo a formação vocacional que dá aquele que se consagrou o alimento de sustento dessa consagração na fase inicial e depois de maneira permanente.

O consagrado ao carisma Fanuel é um missionário integral independentemente de exercer funções de tempo integral, podendo residir em casas colaborativas ou não.

A DIMENSÃO APOSTÓLICA

A relação com o carisma Fanuel se dá também de maneira cooperativa e voluntária, isso significa que a missão da Comunidade alcança muitas pessoas que dela se encantam e com ela querem se comprometer de alguma maneira sem, contudo sentirem-se chamadas a se consagrarem.

Todos aqueles que “bebem” do carisma e sentem-se saciados por ele sempre desejam envolver-se e auxiliar na missão. São cooperadores da obra de Deus, são apoio aos consagrados e fazem isso contribuindo com seus dons naturais e espirituais, envolvendo-se em grupos de oração, em ministérios, participando de atividades, encontros, estando presentes nas Santas Missas, apoiando como benfeitores e intercessores.

Entre as várias maneiras de se comprometer apostolicamente com o Carisma a forma mais ordinária é por meio das células de evangelização que são pequenos grupos domésticos de convivência comunitária com reuniões semanais que se ocupam do cuidado mútuo e do testemunho do evangelho, sempre abertos a acolher novos membros e fazer discípulos, crescendo em graça e número culminando num processo de multiplicação.

Qualquer pessoa pode aderir a essa dimensão apostólica ainda que não seja nem batizado, porque é na relação com os demais que a vida cristã é semeada e floresce.

Se você deseja falar conosco e obter mais informações, preencha o formulário ao lado e nos envie uma mensagem: